1.6.11

Pensamentos de Omraam Mikhael Aivanhov


"O desapego de interesses não é a virtude mais comum entre os humanos. Mesmo quando eles dão qualquer coisa ou fazem discursos generosos, há quase sempre um calculismo por detrás disso. É certo que, na realidade, nenhum gesto, nenhum sentimento, nenhum pensamento pode ser absolutamente isento de interesse. Mesmo o amor a Deus é interesseiro. Aqueles que amam o Senhor sabem que ganham a luz, a liberdade, a vida eterna; há, pois, um interesse nesse amor. Mas, ao mudar de objecto, esse interesse mudou de plano, pois a luz, a liberdade, a vida eterna, são aquisições divinas. É, pois, nessa direcção que nós devemos ir: vencer o interesse inferior, cuja tendência é unicamente satisfazer os instintos e as cobiças, para encontrar um interesse superior - a necessidade de crescermos, de nos enobrecermos, de nos divinizarmos. Mas, mesmo nisso, existe um interesse; o que quer que façamos, é sempre por interesse. "


obras de Omraam Mikhaël Aïvanhov: www.prosveta.com.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...