26.12.09

Francisco de Assis - CÂNTICO DAS CRIATURAS



"CÂNTICO DAS CRIATURAS

Louvado sejas, meu Senhor
Com todas as tuas criaturas.
Especialmente o senhor irmão Sol
Que clareia o dia
E com sua luz nos ilumina
E ele é belo e radiante,
Com grande esplendor:
De ti, Altíssimo, é a imagem.

Louvado sejas, meu Senhor
Pela irmã Lua e as Estrelas
Que no céu formastes claras
E preciosas e belas.

Louvado sejas, meu Senhor
Pelo irmão Vento.
Pelo ar, nublado
Ou sereno, e todo o tempo
Pelo qual às tuas criaturas dás sustento.

Louvado sejas, meu Senhor
Pela irmã Água
Que é muito útil e humilde
E preciosa e casta.

Louvado sejas, meu Senhor
Pelo irmão Fogo
Pelo qual iluminas a noite
E ele é belo e jovial
E vigoroso e forte

Louvado sejas, meu Senhor
Por nossa irmã, a mãe Terra
Que nos sustenta e governa
E produz frutos diversos
E coloridas flores e ervas."

Francisco de Assis
_____________________________________
Sobre Francisco de Assis
http://pt.wikipedia.org/wiki/Francisco_de_Assis


---

Contos Sufis - " O Rei Salomão, o mosquito e o vento"




" O Rei Salomão, o mosquito e o vento"

Um dia um mosquito chegou à corte de Salomão, o rei sábio.

- Oh grande Salomão, que a paz esteja contigo - disse em voz alta. - Venho suplicar-te que corrijas as injustiças de que diariamente sou vítima em tua corte.

Ao que Salomão respondeu:

- Faze as tuas queixas, e certamente serás ouvido.

- Ilustre e digno senhor - disse então o mosquito, - minha queixa é contra o vento. Cada vez que saio o vento chega e me atira longe com seu sopro. Assim não tenho esperanças de chegar aos lugares que acredito serem meu destino legal.

- De acordo com os princípios legais geralmente aceitos - falou o rei Salomão, - não se pode admitir qualquer reclamação sem que a parte acusada esteja presente para defender-se.

E, virando-se para seus cortesão, Salomão ordenou:

- Chamem o vento para que exponha seu ponto de vista.

Chamado o vento, uma suave brisa anunciou sua presença. Depois ficou mais forte. Então o mosquito gritou:

- Oh grande rei! Retiro minha queixa. O ar está me obrigando a voar em círculos e antes que chegue o vento verdadeiro terei sido arrastado para longe.

Assim, as condições impostas tanto pelo reclamante como pela corte, para que se fizesse justiça, foram consideradas impossíveis.

Extraído de 'Histórias da Tradição Sufi' Edições Dervish 1993

---

Nasrudin



O peixe que salvou uma vida

Nasrudin passa diante de uma gruta, vê um yogue meditando, e pergunta o que ele estava buscando.

- Contemplo os animais, e aprendi deles muitas lições que podem transformar a vida de um homem - diz o yogue.

-Pois um peixe já salvou minha vida - responde Nasrudin. - Se você me ensinar tudo que que sabe, eu lhe conto como foi.

O yogue espanta-se: só um santo pode ter a vida salva por um peixe. E resolve ensinar tudo que sabe.
Quando termina, diz a Nasrudin:

- Agora que ensinei tudo, ficaria orgulhoso em saber como um peixe salvou sua vida.

- É simples - responde Nasrudin.
- Eu estava quase morrendo de fome quando o pesquei, e graças a ele pude sobreviver três dias.

...


------
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...