25.6.08

Meditação - Dalai Lama


Sobre a meditação

Quando nos sentamos para rezar e meditar encontramos uma certa paz de espírito, somos capazes de sentir compaixão pelo pobre e pelo necessitado e de nos mostrarmos mais tolerantes com os nossos rivais. Graças à meditação, o espírito acalma-se e torna-se menos agressivo. É no entanto verdadeiramente difícil manter esse estado de espírito positivo, quando somos confrontados com as circunstâncias da verdadeira vida. A meditação é um treino, graças ao qual criamos as condições que nos permitem enfrentar o mundo real. Mas, se não efectuarmos uma fusão harmoniosa entre as fases de meditação e os períodos de pós-meditação, esse nosso esforço espiritual pode revelar-se totalmente vão. Com efeito, nós podemos ser amáveis e compassivos durante a nossa meditação, mas, se alguém nos perseguir e insultar, corremos o risco de nos zangarmos, de nos tornarmos agressivos e de chegar ao ponto de ripostar. Ora, se isso acontecer, toda a gentileza, paciência e compreensão que desenvolvemos graças à meditação desaparecerá instantaneamente. É de facto muito fácil ser compassivo e altruísta quando estamos confortavelmente sentados na nossa cadeira, mas a eficácia da nossa prática só é verdadeiramente posta à prova quando somos confrontados com um problema concreto.

Do Livro ''A Sabedoria do Dalai Lama''

Pg118

Editora Pergaminho

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...